Força!

Cerca de seis meses passados desde que tivemos a confirmação ainda não consegui aceitar que dentro do corpo de uma pessoa que toda a vida viveu em função dos outros e pelos outros está um tumor em actividade que não se sabe até onde crescerá nem até quando. Esta foi a paga por uma vida de sofrimento, um cancro na fase IV.
Não me venham com histórias de que Deus existe. No máximo acredito numa entidade superior que aperfeiçoou o Homem até hoje, chamo lhe natureza. É impossível haver um Deus que castiga ou se vinga quando as pessoas não fazem o que ele diz, como se de um humano se tratasse e isso é mais uma prova da sua não existência como Deus.
Parecia que estava a conseguir aguentar se após duas cirurgias, tratamentos fortes e uma perda de peso brutal até chegar a “pele e osso”.
Mesmo que não fosse a minha mãe, só uma pedra ficaria indiferente. …
Até onde se pode destruir fisicamente um ser humano?
Ela ainda está viva. E não estou a conseguir estar com ela por causa destas malvadas lágrimas. Sei que se deve chorar à vontade porque isso faz bem, mas as lágrimas chamam mais lágrimas e mais sofrimento. Neste momento em que ela está viva tenho de estar a sorrir, mesmo vendo um corpo magro e seco a respirar, um rosto cansado desta luta viciada. Tenho de ter força. Força! Vai tudo correr bem pois ela vai descansar….

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s