Cambaleando

A pé coxinho, tento andar pela casa sem cair. Por vezes quase que perco o equilíbrio mas tenho conseguido me orientar.

Faltam mais 4 dias para tirar os pontos do joelho. Até lá, protegido em casa do meu irmão, vou esperando que as feridas cicatrizem.  Só as do joelho, claro. Por dentro o habitual repete-se. Não se cicatriza a ferida aberta como se cicatrizou uma ferida da carne.

Anúncios